Bill Skarsgard Brasil não é afiliado de maneira alguma com Bill, sua família ou seus representantes. Não somos o ator e não temos o mínimo contato com o mesmo. Todo o conteúdo do site, fotos, informações, vídeos e gráficos pertence ao site, a não ser que seja informado o contrário. Site de fãs para fãs, sem fins lucrativos.

Archive from 'Entrevistas'



Andres Muschietti, diretor de IT, fala sobre caracterização de Bill Skarsgård para o palhaço Pennywise
03.16

Durante entrevista ao site Joblo, Andres Muschietti, diretor de “IT: Uma Obra Prima do Medo“, conversou cobre a caracterização de Bill Skarsgård no palhaço Pennywise.
Como agora nós sabemos, Andres Muschietti, diretor do novo remake de IT, de Stephen King, esteve no SXSM Filme Festival no último final de semana. Eu já compartilhei com vocês uma breve descrição do teaser trailer e da cena de 5 minutos que ele nos mostrou, mas ele também tem um pouco para falar sobre o filme.

Andres Muschietti sobre o Pennywise de Bill Skarsgård:
“O que eu posso te dizer é que ele está terrível, e teve muito trabalho envolvido em trazer uma nova versão desse personagem para a vida. O trabalho que eu fiz com Bill Skarsgård foi ótimo, e ele estava incrivelmente e muito impressionante, talentoso, um amável jovem”.

Sobre manter Skarsgård longe das crianças antes das filmagens:

“Nós tentamos manter Bill o mais longe possível das crianças, é claro que teve um primeiro momento de confraternização, mas eu tentei mantê-lo longe. Ele ficou ao lado deles durante a leitura de roteiro, mas só foi isso também, e todas as crianças ficaram “tudo bem, ele não vai nos assustar”, mas no primeiro dia que ele gravou como Pennywise, as crianças de assustaram pra c*aralho. Eu não consigo descrever o quão assustador ele se tornou.

ENTREVISTA E FOTOS: Bill Skarsgård fala sobre atuar, novos projetos e palhaços assassinos
03.03

Após meses sem aparecer à midia, Bill Skarsgård foi modelo para as lentes do fotógrafo do site Mr. Porter! Além disso, o ator concedeu uma marvailhosa entrevista para o site, em que falou sobre seus novos projetos e sobre ser ator. Confira a entrevista traduzida abaixo.

Como ser um Nômade Moderno
Por Bill Skarsgård

Eu sou essencialmente um ‘sem-teto’ “, diz Bill Skarsgård, sentado no bar de um lugar hipster Los Angeles. Desabrigado, como em itinerante, com nenhuma moradia fixa, como um vagabundo. “Durante sete anos eu não tive uma casa”, explica o ator de 26 anos, com um leve tom de voz e um sotaque sueco. Ele não possui uma casa, um carro, ou mesmo qualquer mobília . “Eu literalmente vivo da minha mala. Esta é a minha vida. O que está na mala é de acordo com mudanças das estações do ano, mas eu sou muito bom em fazer malas de viagem. Eu tenho feito isso durante toda minha vida adulta.”

Eu cresci viajando,” explica ele, bebendo café preto e forte enquanto esperava por seus ovos benedict . “Quando éramos crianças, meu pai nos levava para onde ele estava filmando. Eu fiquei no Camboja durante três meses quando eu tinha 12 anos. E no México. No mundo todo. Estou muito grato por ter tido isso quando criança, poder ver e apreciar as culturas de outras pessoas e situações diferentes de vida em Estocolmo, que é um lugar limpo e organizado”.
O Sr. Skarsgård é o filho do ator mais querido da Suécia, o Sr. Stellan Skarsgård ( Thor, Good Will Hunting , Mamma Mia e The Girl With The Dragon Tattoo) e irmão menor do mais novo famoso de Hollywood, Sr. Alexander Skarsgård ( True Blood, Tarzan, Big Little Lies ).
Há apenas uma família Skarsgård na Suécia, até onde ele sabe. “Meu avô inventou o nome“, diz ele. Na década de 1940, o governo sueco incentivou os patriarcas a escolherem novos nomes porque havia muitos Nilssons, Johnsons, Johanssens e Svensens.
E é uma grande família: Bill Skarsgård é um dos cinco irmãos, e faz parte dos quatro que são atores (o outro é um médico, como sua mãe). Ele também tem uma irmã (uma modelo que virou gerente de boate) e dois meio-irmãos mais jovens. Dezessete familiares e ele foram Bali no Natal passado. “É uma família sueca muito pouco tradicional“, diz ele. Skarsgård cresceu em uma comunidade de atores e artistas com portas abertas. Sua educação era extremamente liberal e boêmio, com jantares familiares estridente todas as noites.

Mesmo que ele já tenha atuado muito durante sua vida, houve um tempo quando ele era adolescente que ele pensou se ele poderia realmente continuar com essa carreira, pois, segundo ele, “gostava da ideia de ser o quarto Skarsgård ator“. Tem outros cinco deles agora, seu irmão mais novo, Valter Skarsgård, de 21 anos, seguiu seus passos. “A Suécia é um país pequeno. Lá são feitos 30 filmes por ano, é e como se os Skarsgårds estivessem em todos, porque nós somos atores”.

Senhor Bill Skarsgård está agora tentando fazer seu próprio nome fora da Suécia, mas também está consciente de que isso será mais difícil do que parece ser, especialmente em Hollywood. “É por isso que passei um tempo difícil vivendo aqui [em Los Angeles],” ele diz. “Eu gosto de estar aqui por um mês ou três, e então eu preciso ir embora. Isso afeta o quanto você vale. Atuação é uma indústria muito brutal e insegura. É um trabalho vulnerável e você constantemente ganha críticas de outras pessoas, tem aquelas que julgam você não apenas pela sua performance, sua habilidade, mas também julgam como você se apresenta ou como você soa, como você é grande e todas essas coisas diferentes. Eu não gostaria que meus filhos fossem atores”.

Ele estima que ele passa um total acumulativo de três meses em Los Angeles durante o ano. Ele usa mais Airbnbs do que se hospeda em hotéis porque, seguindo a tradição Skarsgård, ele agora gosta de fazer grandes jantares e festas regularmente. Ele passa quase três meses na Suécia com sua namorada e atriz de 32 anos, Alida Morberg. E o resto do ano ele passa em algum lugar, gravando.
Enquanto seu irmão mais velho tornou-se famoso na série de vampiros lúdicos, True Blood, da HBO, Bill Skarsgård teve seu grande intervalo internacional interpretando o personagem principal em Hemlock Grove, uma série de torror e fantasia da Netflix, que mistura vampiros e lobisomens. A mesma durou três temporadas moderadamente sucessivas.

Esse papel o ajudou a garantir o papel de protagonista, Pennywise, um palhaço devorador de crianças no remake de “It: Uma Obra Prima do Medo“, adaptação do livro de terror com o mesmo nome, de Stephen King. Algumas pessoas ligaram o livro original e o filme como responsáveis pelo pandemônio que aconteceu de repente no ano passado, em que o país foi “atacado” por palhaços sinistros que apareciam à noite. Inclusive, esses “ataques” foram reportados globalmente. E tudo isso foi estranhamente coincidência.

Nós fizemos nossa primeira divulgação para a mídia com uma foto minha como o palhaço, e então, semanas depois, esses incidentes com os palhaços assassinos começaram a ser reportados nos jornais“, diz Skarsgård. “Nós estávamos no meio de um ensaio fotográfico e todos esses ataques de palhaços começaram a acontecer ao redor do mundo. Foi estranho”.
No entanto, mesmo ele não sendo um fã de terror, Skarsgård aprecia interpretar esses personagens assustadores.”Eu estou apto para descobrir qualquer lado obscuro meu“, ele diz. “Eu realmente acho divertido interepretá-los. Eu gosto de explorar partes desgostosas que existem em mim. Meu objetivo tem sido interpretar esse palhaço de maneira mais assustadora possível. É isso que eu tenho falado, eu quero continuar versátil, para que você não tenha a percepção de que eu sou o palhaço devorador de crianças”.

Seu próximo filme, que estréia esse verão, é algo diferente, de longe. “É uma parte pequena, mas divertida em ser um alemão punk que só faz m*rda”, em Atomic Blonde, um suspense de espionagem criado em Berlim, logo após a queda do Muro. O filme também é estrelado por James McAvoy e Charlize Theron.

Em breve, ele está de volta à estrada novamente. Depois de retornar de nosso ensaio fotográfico em Palm Spings, ele estará em Nova Orleans para filmar ‘Assassination Nation’, um filme de Sam Levinson, e terá alguns amigos voando para encontrá-lo durante o Mardi Gras. “Eu nunca saberia o que eu seria há uns meses atrás“, ele diz. “Você muitas pessoas no mundo que são dessa maneira, vivem como se fossem nômades que fazem shows em circos”.

5~119.jpg 5~119.jpg 5~119.jpg 5~119.jpg

INICIO > ENSAIOS FOTOGRÁFICOS | PHOTOSHOOTS > MR. POTER – FEVEREIRO 2017
“Eu sou o meu pior crítico”, confessa Bill Skarsgård durante entrevista
04.01

No início do mês de março, Bill Skarsgård concedeu diversas entrevistas e na tarde de ontem (30/03), o site The Cougar Chronicle liberou mais uma entrevista com o ator! Confira:

Enquanto Skarsgård leu apenas o último livro da série para se preparar para o seu papel, ele tende a ficar mais em sua performance e aperfeiçoar seu ofício.
Eu sou o meu pior crítico. Eu nunca estou realmente feliz com qualquer uma de minhas performances, porque sempre há espaço para melhoria. Mas eu faço isso, e tudo o que eu posso fazer com isso. Contanto que eu me sinta que eu trabalhei o mais duro que eu poderia“, disse Skarsgård.
(mais…)

Vídeos: Entrevistas de Bill Skarsgård para o Google e B96
03.19

Durante sua passagem por Chicago na semana passada, Bill Skarsgård concedeu entrevistas para o Talks at Google e para o programa de rádio B96, onde falou sobre “Convergente“, dar vida a seu personagem e sobre visitar Chicago! Assista aos vídeos abaixo:

(mais…)

Bill Skarsgård conta detalhes de seu personagem em ‘Convergente’ e revela os motivos de não ter redes sociais
03.19

Em entrevista realizada na semana anterior, Bill Skarsgård fala sobre seu personagem ‘Matthew‘ em ‘Convergente‘. Leia:

Você leu os livros antes de conseguir o papel? Eu conheço todos os livros e o final de um dividiu a maioria dos fãs e eu estava pensando se você teria algo a dizer?
Não, não li todos. Eu li o terceiro e entrei em produção para este. Eu já fiz filmes adaptados de livros. Eu costumo ler o livro antes e eu tenho que esquecê-lo completamente e não tentar pensar sobre ele. Quero dizer, um filme é uma adaptação, mas é algo completamente próprio. É algo diferente. É uma adaptação diferente e as coisas vão mudar. É sempre bom ler algo apenas para deixar o repertório na sua cabeça. Depois disso você poderá ficar focado no roteiro e na história que nós estamos fazendo. É assim que eu olho para isso. É divertido para o público também, porque você tem esses dois, mas com coisas similares (mais…)

Bill Skarsgård fala sobre os efeitos especiais de ‘Convergente’ e mais; leia
03.19

Em entrevista ao site Capone, Bill Skarsgård contou como foi seu primeiro dia gravando “Convergente” e muito mais! Leia:

Eu vou assumir que vocês voaram pelo O’Hare hoje?
UH huh.

Será que ocorreu de você pensar “oh, nós estamos aqui. Isto é onde supostamente vivemos.” enquanto estava pousando?
É o aeroporto mais movimentado do mundo, então a única coisa que eu estava pensando é que eu estava chegando nele. Eu estava conversando com a minha namorada pois falei que era o aeroporto mais movimentado e ela respondeu: “Sério?” e eu a respondi “Sim”. E eu tive que pesquisar no Google porque eu não tinha certeza total.
(mais…)

Bill Skarsgård conta o que ‘Convergente’ mudou em sua carreira; leia
03.18

Durante sua entrevista ao site Earthly Mail, Bill Skarsgård comentou sobre o que o filme “Convergente” mudou em sua carreira. Confira:

O que um filme como este fez para você?
Sem dúvidas, oferece muita publicidade para você. Esse é o problema: é um filme enorme e estamos em uma pequena parte dele. O que você é capaz de fazer para ter uma eficiência impactante sem exageros?

(mais…)

VÍDEOS: Entrevistas de Bill Skarsgård durante a turnê de divulgação de “Convergente” no EUA
03.18

Na semana passada, Bill Skarsgård não parou! Durante sua turnê de divulgação de “Convergente” por algumas cidades dos Estados Unidos, o ator concedeu diversas entrevistas. Assista aos vídeos:

(mais…)

Bill Skarsgård fala sobre gravar Convergente, filmes suecos e comparações; confira
03.16

Em recente entrevista ao site americano HollywoodChicago, Bill Skarsgård falou sobre diferenças entre os filmes suecos e americanos, gravar Convergente e possíveis mudanças em seu personagem. Leia:

Nadia Hilker interpreta Juanita (Nita) no filme é Bill Skarsgård é Matthew. Os dois vieram para Chicago para uma turnê promocional e HollywoodChicago.com teve a oportunidade de conversar com eles sobre fazer parte da série em progresso, e como eles acham que isso afetará suas carreiras.

Vocês dois são novos na série, quais dicas vocês pegaram do livro sobre os seus personagens, e como vocês as aplicaram no roteiro do filme?
O filme é diferente do livro, e eu já havia trabalho em projetos adaptados de livros. Minha abordagem foi a mesma – Eu li o livro meses antes da pré-produção, e então eu coloquei de lado e nunca olhei para ele novamente. Eu fiquei focado no roteiro, porque nós estávamos fazendo um filme adaptado de um livro, e não seria completamente a mesma história.

(mais…)

Em entrevista, Bill Skarsgård fala sobre como decidiu ser ator
03.16

Bill Skarsgård foi entrevistado pelo site Roge Rebert na quinta-feira passada (11/03), em Chicago. Confira:

A série Divergente: Convergente introduz novos personagens para este mundo distópico. Dois deles são interpretados por Bill Skarsgård (“Hemlock Grove“) e Nadia Hilker (“Spring“). Bill interpreta Matthew, um assistente do misterioso David (Jeff Daniels), o engenheiro de uma comunidade fora de Chicago que busca a pureza genética e agora vê Tris (Shailene Woodley) como uma evidência de pureza. O par de jovens talentosos pararam em Chicago esta semana para promover “Convergente” e discutiram porque nós somos tão obcecados com coisa pós apocalípticas, Jeff Daniels tocando violão, quando eles souberam que queriam ser atores e muito mais.

Vamos falar sobre lealdade, fã bases fanáticos. Está série têm uns. Por que vocês acham que os fãs são tão leais, por que vocês acham que eles amam tanto isso?
É uma escapatória para um mundo alternativo. Você vai, você senta e você escapa completamente da sua própria vida e você pode assistir um filme onde este é um universo onde as coisas são bem diferentes.
“Quem eu seria lá?” tudo isso é muito estimulante para o público jovem, o público alvo dessa demografia são os fãs mais leais. Mas é muito interessante. Eu tenho certeza que já fizeram muitas análises sobre porque esses filmes são tão famosos, mas eu acho que é por um motivo legal.

(mais…)

Bill Skarsgard Brasil não é afiliado de maneira alguma com Bill, sua família ou seus representantes. Não somos o ator e não temos o mínimo contato com o mesmo. Todo o conteúdo do site, fotos, informações, vídeos e gráficos pertence ao site, a não ser que seja informado o contrário. Site de fãs para fãs, sem fins lucrativos.